Higienização de Reservatórios

slide

Periodicamente surgem incrustações escuras que se instalam nas paredes dos reservatórios / cisternas de água, formando uma película biológica constituída por amálgama de óxidos metálicos, poeiras atmosféricas, micro-organismos vivos e mortos (bactérias, fungos, algas, esponjas e moluscos, etc.). Esta película está sempre em crescimento e provoca na água grandes contaminações, maus cheiros, bem como a deterioração dos equipamentos e dos sistemas de incêndio. A descontaminação / desinfecção e higienização de reservatórios são direcionadas especialmente para edifícios habitacionais, escritórios, hospitais, indústrias, centros comerciais, áreas alimentares e hoteleiras, assim como grandes edifícios de utilidade pública que possuem redes de incêndio. É aconselhável efetuar estes serviços três vezes ao ano para manter um nível mínimo de segurança da água de acordo com as determinações da Lei 5882/94 do Estado do Pará e sempre que possível, um controle periódico da qualidade da mesma através de análises.

METODOLOGIA DE HIGIENIZAÇÃO

higienizacao1Esgotamento dos reservatórios de água, com remoção de algas e sedimentos, hidrojateamento de alta pressão com leque aberto, para não danificar o revestimento dos mesmos e/ou escovamento; Aplicação de solução clorada para desinfecção dos reservatórios com monitoramento do respectivo cloro-residual. Desinfecção dos reservatórios de água, de seus conjuntos de sucção, recalque e respectivas redes de distribuição interna, com aplicação de hipoclorito de cálcio e descargas nos barriletes e colunas de limpeza; Análises Físico-Químicas e Bacteriológicas de amostras representativas da rede, a serem processadas por laboratório credenciado. Entrega do Atestado de Saneamento, assim como todos os serviços, de acordo com as determinações da Lei 5882/94 do Estado do Pará, com 04 (quatro) meses de garantia.